Sistemas de Informação

Sistema Informático Perinatal – SIP
é um sistema de informação criado em 1983 pelo Centro Latino Americano de Perinatologia, Saúde da Mulher e Reprodutiva (CLAP/SMR – OPAS/OMS) com os seguintes objetivos:

  • servir de base para o planejamento da atenção de saúde;
  • verificar e fazer o seguimento da implantação de práticas baseadas em evidências;
  • unificar a coleta de dados adotando normas;
  • facilitar a comunicação entre os diferentes níveis de atenção;
  • obter estatísticas confiáveis a nível local;
  • favorecer o cumprimento de normas;
  • facilitar a capacitação da equipe de saúde
  • registrar dados de interesse legal;
  • facilitar a auditoria;
  • caracterizar a população atendida;
  • avaliar a qualidade dos cuidados;
  • categorizar problemas;
  • realizar estudos epidemiológicos operacionais.

  O SIP inclui um programa de computação para coletar e analisar a informação clínica que se integra ao processo de atenção de saúde nos diferentes níveis de complexidade; seus componentes são a Prontuário Clínico Perinatal ou História Clínica Perinatal (HCP), o Partograma, o Carne Perinatal (CP) e os programas para PC.

  • SIP

    O Sistema Informático Perinatal - SIP é um sistema de informação criado em 1983 pelo Centro Latino Americano de Perinatologia, Saúde da Mulher e Reprodutiva (CLAP/SMR - OPAS/OMS) com os seguintes objetivos:

    • servir de base para o planejamento da atenção de saúde;• verificar e fazer o seguimento da implantação de práticas baseadas em evidências;• unificar a coleta de dados adotando normas;

    • facilitar a comunicação entre os diferentes níveis de atenção;

    • obter estatísticas confiáveis a nível local;

    • favorecer o cumprimento de normas;

    • facilitar a capacitação da equipe de saúde;

    • registrar dados de interesse legal;

    • facilitar a auditoria;

    • caracterizar a população atendida;

    • avaliar a qualidade dos cuidados;

    • categorizar problemas;

    • realizar estudos epidemiológicos operacionais.

    O SIP inclui um programa de computação para coletar e analisar a informação clínica que se integra ao processo de atenção de saúde nos diferentes níveis de complexidade; seus componentes são a Prontuário Clínico Perinatal ou História Clínica Perinatal (HCP), o Partograma, o Carne Perinatal (CP) e os programas para PC.

    [ ← Show Excerpt ]